segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Galeria dos Mártires - Manuel Maria de Souza Neto, o Netinho

MANOEL MARIA DE SOUZA NETO
Mártir da Justiça e Militante do MST
SUZANO – SP * 06/10/2000

Manuel Maria de Souza Neto, o Netinho, era eletricista, natural de Boquira, BA, tinha 43 anos de idade e mais de 20 anos de militância e de luta em defesa dos trabalhadores, contra a exploração, a miséria e a fome, quando foi assassinado.

Era muito conhecido e admirado pelos militantes e população em geral, graças à sua coragem, determinação e convicção política em defesa de uma sociedade justa, humana e socialista.

Foi da oposição Metalúrgica de Mogi das Cruzes e Região 1979, um dos líderes da greve da Komatsu em Suzano.

Fundador do Partido dos Trabalhadores em Suzano em 1980. Em 1997, Neto iniciou sua militância no MST e participou ativamente das lutas pela reforma agrária no Vale do Paraíba.

No dia 6 de outubro 2000 foi brutalmente assassinado dentro de sua casa no bairro da Boa Vista em Suzano, onde residia. Um crime que chocou e revoltou toda população suzanense.

Texto retirado da Galeria dos Mártires, no Santuário de Ribeirão Cascalheira, MT

Nenhum comentário:

Postar um comentário