quinta-feira, 11 de maio de 2017

Galeria dos Mártires - Alfonso Navarro Olviedo e Luís Torres

ALFONSO NAVARRO OLVIEDO e LUÍS TORRES
Mártires da Fé
EL SALVADOR * 11/05/1977

Alfonso Navarro Olviedo, sacerdote salvadorenho de 35 anos. Pároco em San Juan de Opico, tratou de fortalecer a cooperativa dos camponeses e de formar agentes de pastoral, especialmente os jovens. 

Anunciava cada vez mais claramente o Evangelho libertador. Por isso incomodava os latifundiários que o acusaram de “subversivo” e “comunista”, ameaçando-o de morte.

O bispo transferiu-o para a paróquia da Colónia Miramonte, numa zona residencial de San Salvador. Um “deserto de asfalto”, disse Alfonso. Ali ele se propôs a fazer com que o povo descobrissem o sentido fraternal da comunidade.

No mês de janeiro, uma bomba explodiu em sua casa e só se salvou por milagre. Embora soubesse que seus dias estavam contados, desenvolveu uma intensa atividade pastoral.

No dia 11, quatro homens armados invadiram sua casa. Com um golpe de karatê quebraram-lhe sue braço. Dispararam contra ele sete tiros e, antes de saírem, assassinaram Luís Torres, “Luisito”, de 14 anos com um tiro na testa.

Um de seus jovens companheiros deu-lhe assistência e recebeu, também, seu testamento: “Morro por pregar o Evangelho. Sei quem me matou. Saibam que os perdôo”.

Texto elaborado por Tonny, da Irmandade dos Mártires da Caminhada,
a partir do Livro: Sangue Pelo Povo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário