segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Galeria dos Mártires - Maurício Amílcar López

MAURÍCIO AMÍLCAR LÓPEZ
Desaparecido
ARGENTINA * 01/01/1977

Maurício Amílcar Lopez nasceu em Bahia Blanca, Buenos Aires, 18 de abril de 1919. Foi educado na Comunidade Evangélica dos Irmãos. Em 1946 graduou-se na Faculdade de Letras da UNC como filósofo. Ensinou lógica e filosofia, psicologia e pedagogia e ministrou cursos e conferências em muitos institutos e centros ecumênicos em Berlim, Países Baixos, Suécia, Canadá, Bélgica, Escócia e Nova York, como membro do Conselho Mundial de Igrejas.

Chega a San Luis em fevereiro de 1972 para trabalhar na Faculdade de Ciências da Universidade Nacional de Cuyo, para dar cursos em escolas de filosofia da Psicologia e Pedagogia. Em 1973, foi nomeado Reitor da Universidade Nacional recém-criado de San Luis, uma posição que ocupou até o golpe militar de 1976.

Membro do Conselho Mundial de Igrejas, Fundador de ISAL (Igreja e Sociedade na América Latina) e MEC ( Movimento Estudantil Cristão). Pastor da Igreja Evangélica Metodista.

Ele foi o primeiro reitor da UNSL e seus valores científicos, morais e humanos se tornaram o arquétipo do reitor. Era, para a maioria dos professores, estudantes, "uma boa pessoa".

Foi sequestrado em janeiro de 1977 em sua casa em Mendoza, por um grupo encapuçados. Foi seu próprio bispo que fez a denúncia de seu desaparecimento e apesar de todos os pedidos de diversas organizações ecumênicas internacionais, ele jamais foi encontrado.

Sobre ele disse um amigo: "Homem correto, claro, comprometido, de uma grande fé e querido de todos que o conheciam".


Texto elaborado por Tonny, da Irmandade dos Mártires da Caminhada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário