terça-feira, 27 de setembro de 2016

Galeria dos Mártires - Ir. Agustina Rivas

Ir. AGUSTINA RIVAS
Mártir da Misericórdia
PERU * 27/09/1990

Agustina Rivas, Religiosa da Congregação do Bom Pastor, 70 anos. Durante três anos, esteve a serviço dos camponeses indígenas em Florida, província de Chanchamayo, departamento de Junín, Prelazia de San Ramón. Região que se tornou um foco da violência armada.

Assassinada com outras seis pessoas na praça da cidade. “Aguchita”, como era carinhosamente chamada, era simples, acolhedora, alegre e incansável na sua dedicação à evangelização e promoção das mulheres nas oficinas de tecelagem e cozinha. Ela ensinou-as a fazer pão, cuidar de plantas e animais.

No meio da tarde as pessoas são chamadas a reunir-se por um grupo de jovens armados. Eles tinha uma lista. Os nomeados deveriam vir para a frente. Os irmãos Juan e Luis Pérez; Pedro Pizarro; Ifigenia, Jesus e Herber Marin, da mesma família.

A religiosa perguntou pela irmã Maria Luisa Jugo, que estava ausente. Eles disseram: “Você vai pagar por ela”. Lêem publicamente as “taxas” de penas de morte: os acusam de “falar de paz e não fazer nada, de estar trabalhando com os índios Ashaninka contra o Sendero Luminoso, que está sendo organizado, para distribuir alimentos...”. “Aguchita” intercede: “Eles são pessoas que não prejudicou a ninguém”, implora. Ao que ele responde: “Que a ti agora te salva o seu Deus, e a teu Deus também vamos cortar a garganta”. E eles os assassinaram um por um. Irmã Agustina queria se ajoelhar para rezar, mas se desvanece e recebe três tiros.

É a primeira religiosa morta pelo Sendero Luminoso. Mas já ressuscitada, feliz e jovial, para estar no meio do seu povo.

Texto elaborado por Tonny, da Irmandade dos Mártires da Caminhada,
a partir da página: http://servicioskoinonia.org/martirologio/

Nenhum comentário:

Postar um comentário