quinta-feira, 3 de março de 2016

Galeria dos Mártires - Pe. Hipólito Cervantes Arceo

Pe. HIPÓLITO CERVANTES ARCEO
Mártir da Solidariedade com os Guatemaltecos
MÉXICO * 03/02/1982

Hipólito Cervantes Arceo, sacerdote mexicano, mártir da solidariedade com os refugiados guatemaltecos.

Foi encontrado morto no presbitério de sua paróquia em Mapaztepec, Chiapas, amordaçado e com as mãos e os pés amarados.

As ameaças de morte que recebera indicavam que seus assassinos eram os mesmos que massacravam os camponeses da Guatemala.

O episcopado mexicano declarou que a forma pela qual o sacerdote foi assassinado “tem semelhanças observadas nas centenas de cadáveres encontrados nos rios fronteiriços de Suchiata e Usumacinta”.

Por outro lado, é incontestável que a corajosa denuncia de 27/02 dos bispos do Pacífico Sul incomodou o governo de Romeo Lucas e Hipólito foi a vitima escolhida. “Milhares de camponeses e indígenas do vizinho país de Guatemala estão buscando refugio em nossa zona pastoral. São homens, sobretudo anciãos, mulheres e crianças, que chegam em condições físicas e psíquicas deploráveis, devido à perseguição de que são vitimas... Muitos pais se vêem obrigados a renunciar a seus filhos, entregando-os a nossos camponeses, com o simples proposito de assegurar-lhes a vida. Muitas crianças chegam já sem pais nem familiares. Seus parentes, vizinhos e conhecidos foram assassinados e torturados... suas casas, pertences e colheitas, queimados...”, disseram os bispos que constataram esses fatos no local.

Por tal motivo conclamaram a “que se torne uma realidade o compromisso cristão de solidariedade com os refugiados”.

Hipólito tinha consciência disso, a ponto de doar a própria vida.

Texto elaborado por Tonny da Irmandade dos Mártires da Caminhada,
a partir do livro: Sangue Pelo Povo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário