sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Galeria dos Mártires - Sebastião Rosa da Paz

SEBASTIÃO ROSA DA PAZ
Líder Sindical e Cantador do Povo
URUAÇU – GO * 29/08/1984

Sebastião Rosa da Paz, conhecido entre os militante como Tião da Paz,  nasceu em 1º de outubro de 1937, no Município de Catalão - Goiás, filho de Alarico Policeno Rosa e de Maria da Paz dos Santos. Alguns anos mais tarde, na década de 40, mudou-se para a Colônia Agrícola de Goiás, instalando-se no Córrego Ramalho, próximo ao povoados de Quebra-coco e de Bom Jesus, hoje, distritos de Ipiranga de Goiás.

Pai exemplar, amante carinhoso de sua família de 8 filhos, batalhador incansável na causa dos oprimidos, cristão militante da justiça, Tião da Paz era um homem simples que irradiava alegria com seu jeito e sua sanfona. 

Lavrador sem terra, foi presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Uruaçu, GO. Era também animador das CEB’s e sua figura ficou emblemática nas romarias goianas. 

O latifúndio o assassinou sadicamente no dia 29 de Agosto de 1984, na própria casa, diante da esposa e dos filhos. 

Dele cantou o poeta justamente: ”Já não serás apenas “Rosa”, mas uma Primavera inteira convocada”.

Abaixo um poema do livro: Raízes, Memória dos Mártires da Terra, de Jelson Oliveira.

SEBASTIÃO ROSA DA PAZ

Existiu a fonte, límpida, rebentada de uma nuvem.
Existiu a asa, ferida, sinuosa, quando atravessamos o cerrado.
Existiu brancura penetrando os corpos,
Sem nascente para o entendimento.
Uma metáfora de pássaro. Um horizonte desconcertado.
Uma nervura improvável passando sobre as vozes.

Existiu um menino chorando sem pão.
O fogo pelejando na rocha, atordoado,
Esgueirando a melodia sobre os ombros,
Descendo para as fontes.

E existiu o branco: da rosa, da paz, da seiva.
E existiu a cor do silêncio, plantada em oferenda.
Fluindo da água ao fim das temperaturas.

(Não me recolho para a noite
Sem na mão tua rosa, Tião, íntima das sombras.
De noite tenho mais medo dos precipícios...)

Texto elaborado por Tonny, da Irmandade dos Mártires da Caminhada.

Um comentário:

  1. Sou filha de Sebastião Rosa da Paz, é algumas informações não condizem com a realidade!!!

    ResponderExcluir