quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Galeria dos Mártires - Miguel Ángel Quiroga Gaona

MIGUEL ÁNGEL QUIROGA GOANA
Religioso e Mártir
COLÔMBIA * 18/09/1998

Miguel Ángel Quiroga Gaona, nasceu em Facatativá, Colômbia, a 01 de outubro de 1972, filho de Susana e Gustavo Quiroga Gaona. Ele começou o pré-noviciado em Bogotá, em 1990, na comunidade do Perpétuo Socorro. Entrou para o noviciado em 1991, em San Clemente (Risaralda). Fez os primeiros votos em Bogotá, em 12 de dezembro de 1992.

Trabalhou em Lloró um ano e logo depois foi para a casa de estudos para fazer a faculdade. Graduou-se em Ciências Sociais na Universidade Pedagógica em dezembro 1997. Enquanto fazia universidade, foi professor no College Interparroquial no sul de Bogotá.

Desde janeiro de 1998, ele trabalhou na paróquia de Lloró, (Chocó).

Sua Morte

Aconteceu em 18 de setembro de 1998, na selvas de Chocó. No Rio Atrato, perto da cidade Lloró, um grupo de cerca de 20 paramilitares fortemente armados pararam os dois barcos que viajavam Michel, junco com pároco José Maria Gutierrez, SM, e um grupo de cerca de 40 agricultores da região. Eles estavam indo para uma aldeia para celebrar as festividades.

Os paramilitares exigida a identificação de todos. Michel e José Maria disseram que eles não tinha autoridade para fazer isso, que era ilegal. O líder paramilitar então se aproximou do grupo e sem uma palavra, atirou para o coração do religioso, que morreu na hora.

Sua Ressurreição

"Ali com sua querida população negra, pobre entre os pobres da Colômbia, desenvolvia sua missão, cheio de entusiasmo, criatividade e alegria, as características que marcaram sua vida"(Cecilio Lora)

"Bem-aventurados os perseguidos como você, Michel, para a prática de justiça, defendendo aos pobres e reclamar os direitos da pessoa humana"(Homilia no Funeral)

Suas palavras

"Se não mudarmos as posituras do coração, que não podemos mudar o nosso país".

"Eu descobri que Deus me chama a unir minha vida a Jesus, trabalhando com generosidade para com os pobres". (Junho de 1990)

"Agradeço a Deus por todo esse tempo de graça, durante este ano de experiência pastoral no meio do povo chocoano... Viver este contexto de sofrimento e alegria, opressão e de esperança, morte e vida... enriqueceram minha vida Marianista"(Setembro 1993)

"Tenho do desejo de me entregar totalmente no serviço, por aqueles que nada tem. Para mim este entrega é o seguimento de Jesus na vida Marianista". (Outubro de 1997)

Sua oração

Fez esta oração todos os dias depois da comunhão:

Senhor Jesus, una tua vida com a minha vida,
una minha vida com a sua vida,
una nossas vidas com a vida dos demais,
para que eu saiba compartilhar e ser irmão,
e ir construindo neste mundo,
o Reino de Deus, nosso Pai ,
na justiça, vida e libertação
para os pobres e oprimidos,
desde nossa caminhar Marianista
tu trazes pegadas de ressuscitado.
Amém.

----

abaixo musica feita pelo Michel
 http://www.marianistas.org/pastoral/michel/folleto.htm





Nenhum comentário:

Postar um comentário