quinta-feira, 8 de maio de 2014

Martirológio Latino-americano - mês de maio

Maio

Dia Internacional dos Trabalhadores
Primeiro domingo de maio: Dia dos Mártires em Honduras.
01/05/1980 – Conrado de la Cruz, padre, e Herlindo Cifuentes, catequista, mártires na Guatemala, seqüestrados e mortos.
01/05/1981 – Raynaldo Edmundo Lemus Preza, da CEB’s Guadalupe, em Soyapango, El Salvador, capturado e desaparecido por seu compromisso cristão, com seu amigo Edwin Laínez.
02/05/1979 – Luis Alfonso Velázquez, de 10 anos, mártir da ditadura somozista, Nicarágua.
02/05/1994 – Sebastián Larrosa, estudante camponês, mártir da solidariedade e da justiça entre os pobres do Paraguai.
02/05/1997 – Morre Paulo Freire, fundador da pedagogia libertadora latino-americana.
03/05/1988 – Fámilia Mártir. Elizete (5 anos), Elionete (7 anos) e Eliete (9 anos) foram barbaramente assassinadas junto com a mãe Maria das Neves (gravida) e o pai Sebastião. Sebastião tinha dito “NÃO” aos traficantes de droga, em nome da sua dignidade de trabalhador pobre, mas honesto, em nome do seu amor a família. Ele e a família foram ameaçados, desrespeitados, mas resistiram unidos. A esposa e as filhas eram participantes ativas da Comunidade Eclesial de Base que estava começando no bairro Jd Amapá, Duque de Caxias – RJ. No local do massacre foi construído o “Espaço da Memória”, onde se recorda o martírio desta família, de outras pessoas da Baixada e de tantos outros mártires da caminhada.
03/05/1991 – Felipe Huerte, delegado da Palavra, e quatro companheiros, mártires da Reforma Agrária, em El Astillero, Honduras.
04/05/1521 – Pedro de Córdoba, primeiro apóstolo missionário dos dominicanos na América. Autor do primeiro catecismo da América.
04/05/1547 – Cristóbal de Predraza, bispo de Honduras, “Pai dos Índios”.
05/05/1980 – Isaura Esperanza, “Chaguita”, catequista, da Legião de Maria, identificada com as lutas de seu povo, mártir em El Salvador.
05/05/2001 – É assassinada Bárbar Ann Ford, 64 anos, irmã da Caridade, estadunidense, trabalhando no Quiché desde 1989. Tinha  colaborado com d. Gerardi no informativo “Nunca Mais”, e ajudando as vítimas da guerra para declarar as experiências vividas e para fazer exumações.
06/05/1977 – Oscar Alajarín, militante da Igreja Metodista, mártir da solidariedade na Argentina.
06/05/1987 – Rubén Darío Vallejo, padre, Colômbia.
08/05/1987 – Vicente Cañas, missionário jesuita, assassinado pelos que cobiçavam as terras dos índios que ele acompanhava, mártir em Mato Grosso, Brasil.
08/05/1989 – Nicolás Van Kleef, padre Vicentino, panamenho de origem holandesa, assassinado por um militar na comunidade de Santa Maria, Chiriqui, Panamá.
09/05/1982 – Luis Vallejos, arcebispo de El Cuzco, Peru, ameaçado de morte por sua opção preferencial pelos pobres, morre em “acidente” provocado nunca esclarecido.
10/05/1985 – Irne García, padre, e Gustavo Chamorro, militante, mártires da justiça e da promoção humana em Guanabanal, Colômbia.
10/05/1986 – Josimo Morais Tavares, assassinado por latifundiários, mártir da pastoral da terra, padre, em Imperatriz, Brasil.
11/05/1974 – Carlos Mugica, padre, mártir do povo das “villas miséria” de Buenos Aires, Argentina. Freqüentemente ameaçado, foi metralhado quando terminou a missa. Ao morrer disse à enfermeira: “Agora, mais que nunca, vou estar junto do povo”.
11/05/1977 – Alfonso Navarro, padre, e Luis Torres, menino de coro, mártires em El Salvador.
12/05/ século XVIII – Escrava Anastácia, era princesa Bantu de Angola e feita escrava viveu na Bahia e no Rio de Janeiro, no século XVIII. Justamente indignada com os maltratos sofridos, sobretudo pelas mulheres negras, manteve-se lúcida e corajosa em atitude de protesto. Pelo qual colocaram-lhe uma mordaça de ferro no pescoço que lhe causou a morte por gangrena. É considerada mártir da dignidade da mulher negra.
12/05/1980 – Walter Voodeckers, missionário belga, comprometido com os camponeses pobres, mártir em Escuintla, Guatemala.
13/05/1977 – Luis Aredez, médico, mártir da solidariedade entre os pobres da Argentina.
14/05/1976 – Presos em casa, Beatriz Carbonell de Pérez Weiss e seu marido; Mônica Maria Candelária Mignone e Maria Esther Lorusso e Mônica Quintero (es-religiosa das Irmãs da Misericórdia). Realizavam trabalhos de promoção humana, social, religiosa e política na “villa miséria” Flores, em Buenos Aires. Tudo indica que foram torturados e levados nos “vôos da morte”.
14/05/1980 – Massacre do rio Sumpul, El Salvador, em que morreram mais de 600 pessoas.
14/05/1980 – Juan Ccaccya Chipana, operario, militante, vítima da repressão policial no Peru.
14/05/1981 – Carlos Gálvez Galindo, padre e mártir na Guatemala.
14/05/1988 – Camponeses mártires da causa da paz, Cayara, Peru.
14/05/1991 – Porfírio Suny Quispe, militante e educador, mártir da justiça e da solidariedade no Peru.
15/05/1903 – É fuzilado em Chiriqui o general e guerrilheiro Victorino Lorenzo, herói nacional do Panamá.
15/05/1986 – Nicolas Chuy Cumes, pastor evangélico e jornalista, mártir da liberdade de expressão na Guatemala.
15/05/1987 – Mártires indígenas, vítimas da espoliação de suas terras, em Bagadó, Colômbia.
16/05/1981 – Edgar Castillo, jornalista assassinado, Guatemala.
18/05/1781 – É decapitado José Gabriel Condorcanqui, Tupac Amaru II, militante dos direitos dos índios do Peru e da Bolívia. Depois de ter presenciado o enforcamento de sua mulher e dos mais próximos familiares e seguidores, foi amarrado pelos pés e pelas mãos a cavalos que dispararam em várias direções.
18/05/1896 – José Martí, morre em combate, lutando pela independência de Cuba.
18/05/1976 – Héctor Gutiérrez e Zelmar Michellini, políticos e militantes cristãos, mártires das lutas do povo uruguaio.
19/05/1995 – Morre Jaime Nevares, bispo de Neuquén,voz profética da Igreja Argentina.
19/05/1997 – Manoel Luís da Silva, 40 anos, sem-terra assassinado a tiros pelos capangas do proprietário Alcides Vieira de Azevedo, em São Miguel de Taipu. A polícia encobriu o crime. A CPT e a Diocese da Paraíba o denunciaram.
20/05/1981 – Pedro Aguilar Santos, padre, mártir da causa dos pobres e perseguidos de seu povo guatemalteco.
20/05/1998 – Francisco de Assis Araújo, “Chicão Xucuru”, cacique do povo xucuru, é assassinado em Pesqueira, Pernambuco, Brasil, por lutar pela terra de seu povo.
21/05/1897 – Gregório Luperón, herói da independência da República Dominicana, morre em Puerto Plata.
21/05/1991 – Jaime Gutiérrez Alvarez, religioso, Colômbia.
21/05/1991 – Irene McCormack, missionária, e companheiros, mártires da causa da paz, Peru.
22/05/1937 – Massacre de Caldeirão, Brasil.
23/05/1977 – Elisabeth Käseman, militante alemã da Igreja Luterana, mártir da causa dos pobres, Buenos Aires, Argentina.
23/05/1987 – Luis Gutiérrez, padre, Colômbia.
24/05/1986 – Ambrosio Mogorrón, enfermeiro espanhol, e companheiros camponeses, mártires da solidariedade em San José de Bocay, Nicarágua.
25/05/1987 – Bernardo López Arroyave, padre colombiano, mártir, nas mãos de proprietários rurais e militares.
26/05/1969 – Henrique Pereira Neto, padre, 28 anos, mártir da justiça em Recife, Brasil.
27/05/1987 – Luis Pérez, padre, Colômbia.
28/05/1993 – Javier Cirujano, missionário, mártir da paz e da solidariedade na Colômbia.
29/05/1978 – Massacre de uma centena de índios quichês, em Panzós, Guatemala.
29/05/1980 – Raimundo Ferreira Lima, “Gringo”, camponês sindicalista, agente de pastoral, mártir em Conceição do Araguaia, Brasil.
30/05/1994 – María Correa, religiosa, irmã dos indígenas mbiá e profeta da denúncia em sua terra paraguaia.
31/05/1979 – Teodoro Martínez, camponês mártir na Nicarágua.
31/05/1990 – Clotario Blest, profeta cristão no mundo sindical chileno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário