sexta-feira, 21 de março de 2014

Galeria dos Mártires - Rodolfo Aguilar


RODOLFO AGUILAR
Mártir da Libertação
MÉXICO *  21/03/1977

Rodolfo nasceu na Cidade do México, no domingo 28 de novembro de 1948. Entrou no Seminário de Chihuahua em 28 de setembro de 1961. Ciente do chamado de Deus para o sacerdócio expressa: "Eu quero fazer da minha vida uma resposta profético e sacerdotal ao chamado de Deus meu Pai e aos homens e mulheres, meus irmãos... Eu sei que o Senhor me ama". 

Foi ordenado sacerdote em 16 de setembro 1974 na Catedral de Chihuahua. Logo após ser ordenado foi enviado em missão para o trabalho pastoral em uma aldeia de camponeses e trabalhadores. 

A fim de conhecer o povo da comunidade, imediatamente começou a fazer entrevistas, andar pelas ruas, ter um maior contato com os moradores, escutando a todos e conhecendo a realidade em que viviam para assim ter mais elementos que lhe permitiu ter uma base para o Plano de Pastoral . Com este contato direto com os habitantes, pode descobrir que mesmo diante da pobreza, eles tinham muitas coisas belas a oferecer, e assim começou a formar grupos de jovens, crianças e adultos. 

Seu maior compromisso era com os pobres, os sem casa, os analfabetos, os doentes. Ao consolidar a formação de grupos de acordo com o interesse de cada um, e organizado a comunidade, teve como atividade especial a solidariedade com os trabalhadores, especialmente os eletricistas e os colonos, e a partir desta organização nasceu o movimento Nombre de Dios. 

Por sua opção preferencial pelos pobres, causou imediatamente a ira e a repressão dos poderosos que queimaram a sua casa paroquial, e em várias ocasiões ameaçarão Pe. Rodolfo de morte. Diante destes acontecidos, Rodolfo foi repreendido pelo seu bispo, que lhe pediu para deixar o sacerdócio. 
Este fato fez com que os operários e camponeses se manifestassem a favor do padre Rodolfo na diocese. Por conta desta situação, foi realizada uma reunião em uma das capelas da paróquia onde o bispo e as pessoas puderam discutir os problemas de injustiça social vividos pelo povo.

Em 08 de março de 1977 o Bispo de Rodolfo pediu para ele abandonasse o sacerdócio e que fosse embora daquela comunidade. 

No dia 21 de março, Rodolfo foi encontrado morto em uma casa a poucos metros do local onde foi morto em Padre Miguel Hidalgo, considerado Pai da Pátria, lutador pela independência do México. A exemplo de Miguel Hidalgo, Rodolfo escolheu ser ordenado sacerdote no dia 16 de setembro, para viver seu compromisso sacerdotal ao lado das pessoas mais pobres, como ele diz em sua carta: "Eu tenho um compromisso com meus irmãos oprimidos e quero dar a minha vida pela libertação dele e minha". Foi desta maneira que selou com o próprio sangue, seu compromisso de vida com seus irmãos para a libertação do povo .

Nenhum comentário:

Postar um comentário