segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Martirológio Latino-americano - mês de novembro

Novembro

01/11/1974 – Florinda Soriano, “Dona Tingó”, camponesa analfabeta, dirigente da Federação das Ligas Agrárias Cristãs, mártir do povo dominicano.
01/11/1979 – Massacre de Todos os Santos, em La Paz, Bolívia.
01/11/1981 – Simón Hernández, indígena achi, catequista delegado da Palavra, camponês, em Rabinal, Baja Verapaz, Guatemala.
03/11/1639 – Martinho de Porres, “São Martín de Lima”, primeiro santo mulato da América. Era filho de uma escrava e lutou contra  os preconceitos até ser aceito como religioso dominicano, confessor da fé, no Peru.
04/11/1969 – Foi execultado Carlos Mariguela em São Paulo.
05/11/1980 – Fanny Abanto, professora, líder de sua categoria, animadora de comunidades cristãs de Lima, Peru, vinculada às lutas populares, testemunha da fé.
06/11/1988 – José Ecelino Forero, agente de pastoral, mártir da fé e do serviço na Colômbia.
08/11/1983 – Augusto Ramírez, padre, mártir da defesa dos pobres na Guatemala.
08/11/1987 – Mártires indígenas de Pai Tavyeterá, Paraguai.
09/11/1977 – Justo Mejía, sindicalista camponês e catequista, mártir da fé em El Salvador.
10/11/1980 – Policiano Albeño López, pastor protestante, e Raúl Albeño Martínez, mártires da fé em El Salvador.
10/11/1984 – Alvaro Ulcué Chocué, padre indígena páez, assassinado em Santander, Colômbia.
10/11/1996 – Jafeth Morales López, militante popular colombiano, chamado “Amizade” por seu caráter, animador de CEBs, assassinado por paramilitares em Ocaña, Colômbia.
11/11/1976 – Guillermo Woods, padre missionário, ex-combatente norte-americano no Vietnã, mártir e servidor do povo da Guatemala.
11/11/1983 – Sebastián Acevedo, militante, mártir e servidor do povo chileno.
12/11/1980 – Nicolas Tum Quistán, catequista e ministro da eucaristia, assassinado em casa ao resistir a seqüestro, diante de sua mulher, sua mãe e seus filhos, em Chicamán, Guatemala.
12/11/1987 – Miguel Angel del Tránsito Ortiz, coordenador, músico e animador paroquial. Assassinado quando cuidava da igreja paroquial e da casa das Irmãs Carmelitas Missionárias em Plan del Piño, El Salvador.
13/11/1969 – Indalécio Oliveira da Rosa, padre, 33 anos, mártir dos movimentos de libertação do povo uruguaio.
15/11/1562 – Juan Del Valle, bispo de Popayán, Colômbia, peregrino da causa indígena nos tribunais do mundo.
15/11/1781 – Julián Apasa, “Tupac Katari”, rebelde contra os conquistadores espanhóis, mártir da insurreição de seus irmãos indígenas na Bolívia, morto pelo exército.
15/11/1987 – Fernando Vélez, advogado e militante, mártir dos direitos humanos na Colômbia.
16/11/1989 – Ignacio Ellacurá, Segundo Montes, Ignácio Martín Baró, Amado López, Juan Moreno e Joaquin López, jesuítas, e duas empregadas domésticas, em San Salvador.
17/11/1681 – Roque González, primeiro testemunha da fé na Igreja paraguaia e seus companheiros jesuítas Juan e Alfonso, mártires.
17/11/1985 – Luis Che, celebrante da Palavra, mártir da fé na Guatemala.
18/11/1970 – Gil Tablada, assassinado por opor-se aos latifundiários, em La Cruz, Costa Rica.
19/11/1980 – Santos Jiménez Martínez e Jerônimo “Don Chomo”, pastores protestantes, camponeses, mártires na Guatemala.
20/11/1695 – Martírio de Zumbi dos Palmares, por muito tempo líder da organização de Palmares. O governo português promoveu 25 batalhas contra Palmares. Perdeu 24 e só venceu a última, depois de comprar da Inglaterra as armas mais avançadas do mundo na época: seis canhões. Dia da Consciência Negra.
21/11/1975 – Massacre de La Unión, Honduras, matança de camponeses por mercenários contratados pelos latifundiários.
21/11/1984 – David Fernández, reverendo da Igreja Luterana, pastor das comunidades pobres do leste de El Salvador.
23/11/1974 – Amílcar Oviedo D., líder operário, Paraguai.
23/11/1980 – Ernesto Albrego, pároco, desaparecido com quatro de seus irmãos em El Salvador.
24/11/1590 – Agustin de la Coruña, bispo de Popayán, desterrado e preso por defender os índios.
25/11/1960 – Assassinato das irmãs Mirabal na República Dominicana. Este dia foi escolhido para Dia Internacional contra a Violência e exploração da Mulher.
25/11/1983 – Marçal de Sousa, Tupã I, enfermeiro, indígena, mártir da luta pela terra de seus irmãos, que conversara com João Paulo II em Manaus em 1980. Assassinado.
26/11/1984 – Mártires camponeses de Chapi e Lucmahuayco, Peru.
27/11/1864 – Morre Manuel Subirana, missionário hondurenho mais popular do século XIX, defensor dos misquitos e dos garífunas.
27//11/1977 – Fernando Lozano Menéndez, estudante universitário de 22 anos, da Universidade Católica do Peru, detido e morto por militares durante interrogatório.
27/11/1980 – Juan Chacón e companheiros dirigentes da Frente Democrática Revolucionária, mártires em El Salvador.
27/11/1980 – Enrique Álvarez Córdoba e companheiros militantes, El Salvador.
28/11/1970 – Nicolás Rodríguez, primeiro padre assassinado em El Salvador, mártir da dedicação a seus irmãos.
28/11/1976 – Liliana Esthere Aimetta, militante da Igreja Metodista, mártir da Causa dos pobres. Buenos Aires, Argentina.
28/11/1978 – Ernesto Barrera, “Neto”, padre, operário, mártir das comunidades de base salvadorenhas.
28/11/1980 – Marcial Serrano, pároco, mártir dos camponeses de El Salvador.
29/11/1976 – Pablo Gazzari, padre argentino, irmãozinho do Evangelho, seqüestrado e desaparecido nas prisões da Escola de Mecânica da Armada, Argentina.

30/11/1975 – Miguel A. Soler, médico, no Paraguai.

Nenhum comentário:

Postar um comentário