sexta-feira, 1 de março de 2013

Martirológio Latino-americano - mês de março


Março 

03/03/1982 – Hipólito Cervantes Arceo, padre mexicano, mártir da solidariedade com os exilados da Guatemala.
03/03/1982 – Emiliano Péres Obando, delegado da Palavra e juiz de distrito, mártir da revolução nicaragüense.
04/03/1970 – Antonia Martínez Lagares, mártir da luta universitária de 1970, assassinada pela policia de Porto Rico.
04/03/1990 – Nahamán Carmona, menino de rua, Guatemala.
06/03/1996 – Pascuala Rosado Cornejo, fundadora da comunidade autônoma de Huaycán, assassinada no mercado Ate-Vitarte de Lima, baleada e dinamitada, por não se render às exigências do terrorismo.
07/03/1994 – Joaquín Carregal, padre da diocese de Quilmes, Argentina, profeta da justiça entre os pobres.
10/03/1928 – Elias Del Socorro Nieves, agostiniano, e os irmãos Jesús e Dolores Sierra, leigos, assassinados na Revolução dos Cristeiros proclamando sua fé.
12/03/1977 – Rutilio Grande, pároco, Manuel e Nelson, camponeses, mártires em El Salvador.
13/03/1958 – José Antonio Echeverría, estudante, militante da Ação Católica, mártir das lutas de libertação do povo cubano contra a ditadura de Batista.
13/03/1983 – Marianela García, advogada dos pobres, fundadora da Comissão de Direitos Humanos, de El Salvador, assassinada com 29 lavradores em Guazapa por soldados do batalhão Atlacatí, quando fazia uma investigação a pedido da Federação Internacional dos Direitos Humanos e da ONU.
13/03/1990 – Maria Mejía, camponesa de Parraxut, na Guatemala, mártir da revolução nicaragüense.
13/03/1998 – Maria Leite Amorim, líder rural dos sem-terra, assassinada em Manaus em represália por ter liderado a ocupação de uma propriedade pelos sem-terra.
15/03/1961 – Morre em Viedma, Argentina, Artemides Zatti, salesiano coadjuntor, o “enfermeiro santo da Patagônia”. Esta em processo de beatificação.
15/03/1986 – Antonio Chaj Solís, pastor, Manuel de Jesús Recinos e companheiros, militantes evangélicos, mártires da fé e do serviço na Guatemala.
15/03/1991 – Ariel Granada, missionário colombiano, assassinado por guerrilheiros em Moçambique, mas comprometido com os pobres em sua pátria.
16/03/1630 – Benkos Biohó, líder e herói negro na luta pela liberdade, Colômbia.
16/03/1977 – Antonio Olivo e Pantaleón Romero, mártires da justiça entre os camponeses de Perugorría, Argentina.
16/03/2002 – D. Isaías Duarte Cancino, bispo de Cali, Colômbia, foi assassinado por desconhecidos devido suas duras criticas aos guerrilheiros, os narcotraficantes, paramilitares e políticos corruptos.
17/03/1973 – Alexandre Vanucchi, estudante e militante cristão, mártir, assassinado pela polícia, Brasil.
17/03/1982 – Jacobus Andreas Koster, “Koos”, e companheiros jornalistas, mártires pela verdade na América Latina. El Salvador.
18/03/1981 – Centenas de mulheres, crianças e velhos camponeses são perseguidos e assassinados pelo exército em Cabañas, El Salvador.
18/03/1981 – Presentación Ponce, delegado da Palavra, e companheiros, mártires da revolução nicaraguense.
18/03/1989 – Neftalí Liceta, padre, Amparo Escobedo, religiosa, e companheiros, testemunhas do Deus da Vida entre os pobres peruanos.
19/03/1991 – Felisa Urrutía, carmelita da Caridade de Vedruna, assassinada em Cagua, mártir do serviço aos pobres e da solidariedade.
20/03/1995 – Menche Ruiz, catequista, profeta e poeta popular, missionário das comunidades de base de El Salvador.
21/03/1937 – Massacre do Ponce, Porto Rico.
21/03/1975 – Carlos Dormiak, salesiano, assassinado por sua linha de educação libertadora, mártir, Argentina.
21/03/1977 – Rodolfo Aguilar, pároco, 29 anos, mártir da libertação no México.
21/03/1987 – Luz Marina Valencia, religiosa, mártir da justiça entre os camponeses do México.
22/03/1977 – Emile Biayenda, arcebispo de Brazzaville, África, assassinado por defender seu povo.
22/03/1980 – Luis Espinal, padre e jornalista, mártir das lutas do povo boliviano.
22/03/1988 – Rafael Hernández, líder rural, mártir da luta pela terra entre seus irmãos do México.
23/03/1606 – Toríbio de Mogrovejo, arcebispo de Lima, pastor do povo Inca, profeta da Igreja colonial.
23/03/1976 – Maria Del Carmen Maggi, professora universitária, mártir da educação libertadora, Argentina. Seqüestrada em 9 de maio de 1975.
23/03/1976 – Golpe militar na Argentina, que provocará o desaparecimento de 30 mil pessoas.
24/03/1980 – Oscar Arnulfo Romero, “São Romero da América”, arcebispo de San Salvador, profeta e mártir.
25/03/1986 – Donato Mendoza, delegado da Palavra, e companheiros, mártires da fé entre seus irmãos pobres da Nicarágua.
26/03/1988 – Onalício Araújo Barros (Fusquinha) e Valentim Serra (Doutor), líderes do MST, executados por fazendeiros no município de Parauapebas, Pará.
26/03/1989 – María Gómez, professara e catequista, mártir do serviço a seu povo Simití, na Colômbia.
28/03/1988 – 14 índios ticunas foram assassinados e 23 feridos pelo madeireiro Oscar Castelo Branco e  mais 20 pistoleiros. Os cadáveres foram lançados no rio Solimões.
30/03/1985 – José Manuel Parada, sociólogo do Vicariato da Solidariedade, Santiago Natino, estudante de desenho, Manuel Guerrero, líder sindical, Santiago do Chile.
31/03/1987 – Roseli Correa da Silva, lavradora, em Natalino, Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário